Randomzice


Simplesmente hilário.

Fight the power! AISUDHAIUOWHEOWIADOIUASHIRFAFCAD

Post completamente inutil, so pra mostrar o video, rolei de rir

Anúncios

Bom, bom, bom, finalmente deixei a preguiça de lado para falar da própria preguiça. Enfim, a preguiça é um dos 7 pecados capitais, e sorte a minha que eu não levo isso a sério pois se não eu já estava abraçando o capeta. Apesar de um sentimento até certo ponto “ruim”, é tãããão bom saciar a sua preguiça, não tem sensação melhor que ficar jogado fazendo apenas os movimentos necessários para o tédio (já citado no texto anterior, releia-o para mais infos) não tomar conta demais.

A preguiça se apresenta em diferentes níveis de intensidade:

  • Nível baixo: qualquer trabalho/projeto apresentado a você deve ser começado imediatamente e terminado o mais cedo possível. Dormir é dispensável. Big Wolf é um exemplo desse.
  • Nível aceitável: você tem que fazer um trabalho de 200 páginas e vai tomar um sorvete, faz as tarefas menos estressantes e descansa 5 minutos antes de começar. MTK é um exemplo, mas bastante gente é assim.
  • Nível comum: você reclama, reclama e reclama, mas acaba aceitando depois de uns 10 minutos e faz seus deveres. Exemplo: A maioria das pessoas.
  • Nível alarmante: você demora dias para começar algo, você tem preguiça até de sair de casa, preguiça virou seu lazer. Claro que você luta, e o tratamento exige fortes doses de motivação e outras coisas interessantes para fazer, mas há sempre áreas de recaídas. Ex: Eu, quando estou no ápice. Não conheço ninguém mais preguiçoso. Mas estou em tratamento, juro, neste momento, estou no nível comum.

Claro que isso é apenas um esboço, mas é altamente recomendado alimentar sua preguiça em feriados, FDS, aulas de história e afins. Enfim, a maioria vai ter preguiça de ler esse texto, mas se você chegou até aqui, parabéns, e continue até o final.

Enfim, como tudo em excesso, a preguiça pode fazer mal, mas não deixe ela te dominar, não vá para o lado negro, ou suas notas cairão e seu quarto pode acabar assim:

 

Preguiça de limpar?

Preguiça de limpar?

Bom, ou voce pode contratar uma empregada, mas você entendeu o meu ponto. Dito isso, quero finalizar com um até logo e visitem o http://oening.wordpress.com/ pq é mais decente que o meu e pq é o que me faz não ter preguiça. E por favor não tenham preguiça de comentar.

CAUSE A PIRATE IS FREE! YOU ARE A PIRATE!

Viciei na música e quero compartilhar meu vício

 

Uma lista que eu rachei muito quando vi,  os 10 carros de filmes e animações mais rápidos do mundo:

 

1º. Blurr (Transformers) – 1 287 km/h
2º. Mach 5 (Speed Racer) – 415 km/h
3º. Batmóvel (Batman Begins) – 354 km/h
4º. Charger de Dom, do (Velozes e Furiosos) – 354 km/h com nitro
5º. K.I.T.T. (”Knight Rider”) – 326 km/h
6º. Relâmpago McQueen (Carros) – 321 km/h
7º. General Lee de (Os Gatões) – 321 km/h
8º. Aston Martin DBS V12 (James Bond) – 307 km/h
9º. Herbie (Se Meu Fusca Falasse) – 305 km/h
10º. Drag-u-la (Família Adams) – 257 km/h

 

Fonte:  lista10.org e msn

 

MACH 5 em segundo, segura essa. HAHAHHHAAH

Aqui vão os 5 melhores programas para baixar, assistir e acompanhar no computador. Lembrando que essa é só minha opinião.

 

5- Death Note (Finalizado)

Vale a pena só pra ver o L., essa é a verdade. O personagem é tão foda e incomum, que cativa todo mundo, além de ser um genio e ownar vidas com suas armadilhas e deduções brilhantes. Tem poucos episódios e da metade pro fim fica meio chato, mas vale a pena.

4- The Big Bang Theory (Em andamento)

Impagável, principalmente pelo personagem Sheldon, essa série é muito engraçada, e mesmo você não sendo nerd e não assistindo Battlestar Galactica, você rirá muito.

3- Ouran Host Club (Finalizado)

Ok, é meio gay, mas eu quase perco o rim de tanto rir, principalmente com o Tamaki e o Honey-senpai *-*. Só não está mais acima na posição pq tem poucos episódios. 

2- Full Metal Alchemist: Brotherhood (Em Andamento)

FMA é engraçado, emocionante, divertido, eletrizante, triste, alegre, enfim, tem tudo que uma série precisa ter. E tem uma abertura ótima também.

1- House (Em andamento)

Esse dispensa comentários, drmaa com comédia e ironia foi a melhor combinação que já inventaram. A série toda já vale a pena de assistir, só por causa dos “Houseísmos”, mas além disso também tem personagens cativantes e bem desenvolvidos para servirem de vítima a esse doutor sádico.

Então, começando com um assunto bem cotidiano, cotidiano até demais eu diria, o tédio. 

Entretanto… o que é o tédio? Retirado da Wikipédia:

tédio é um sentimento humano, um estado de falta de estímulo, ou do presenciamento de uma ação ou estado repetitivo – por exemplo, falta de coisas interessantes para fazer, ouvir, sentir etc.

Ou seja, tédio é a falta do que fazer.

Quer queira, quer não queira, o tédio está presente na nossa vida, mesmo praquelas pessoas que parecem estar sempre ocupadas, afinal, elas não podem evitar filas de bancos e trânsito, onde o tédio é frequente, e multiplica-se em progressão geométrica de acordo com o tamanho da fila.

Mas claro, que o citado acima é o tédio saudável e comum, o verdadeiro problema é o tédio massivo e tedioso, que ataca os jovens ociosos dessa nossa  vasta internet. Claro que hoje em dia tem muitos jogos, MMORPGS, FPS, digimon,  pokemon online e mais o diabo a 4, e eles distraem por um tempo,  mas jogos não garantem a atenção de todos, e enjoam logo, ouso dizer, apesar de serem ótimos assassinos de tédio. Outras soluções são: se juntar no msn com outros ociosospara reclamar do tal do tédio juntos e jogar conversa fora, aprender photoshop, fazer aulas de piano pelo youtube (mesmo que você não tenha um piano), baixar aquele filme super foda pra assistir 3x (cof cof speed racer cof cof), ou aquele seriado que você não cansa de ver (cof House cof), enfim, as possibilidades da internet são infinitas. Dito isso, venho comunicar que sou uma das pessoas mais entediadas da face da Terra, reclamo muito do tédio e, apesar de cita a cura pra esse mal, minha preguiça me priva do tratamento do tédio crônico. Preguiça aliás que será tema de um texto aqui, assim que eu deixar a preguiça de lado e escrever ele.

Obrigado aos que leram o texto, que praticamente não disse nada de mais, mas serviu para matar um pouco do meu, e espero, do seu tédio também.